Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

24
Mar13

APRENDIZ DE VIVER!

NEOABJECCIONISMO
foto MManuela Dias
um momento de leitura no lançamento do livro
A MENSAGEM, Podemos Mudar o Mundo, em co-autoria
com a poetisa Zélia Chamusca...
*

APRENDIZ DE VIVER

*

«««//»»»

*

nada me dá mais gozo de viver

que o começar a coisa nova

a ser do aprender a vida inteira

correr a onda da ideia a crescer

sentir que algo me sorri e me aprova

quando a esperança ganha a dianteira

 

aprendiz de viver

sou do povo do meio

penso na vida a acontecer 

sem da morte ter receio

 

as palavras são comuns à espécie humana

um sorriso é conversa Universal

a mímica das mãos do corpo dos olhares

são marcas indeléveis até em mente insana

que sulcam sentimentos da memória original

onde o homem se procura além dos mares

 

nem sou vagabundo

nem excêntrico

nem de sábio sou profundo

dá-me gozo ser autêntico

 

ser aprendiz convicto na humanidade

de não saber quando ocorre a mudança

nem porque gravita o planeta atracado à luz solar

ser aprendiz de menor ou de maior idade

entender de todo o outro a tempestade e a bonança

eis o homem que sou a madrugar

 

não sou nem mestre

nem nada que de perto se veja

mal apreendo que me entre

tantas vezes a parte de mim que me sobeja

 

fui à guerra aprendiz de ser soldado

numa bomba que explodiu

vi a fragilidade humana ante a morte

não matei nem fui matado

mas ganhei esta visão dum povo a quem se mentiu

tão longe à procura do seu norte

 

com medo de ser e me achar

descobridor do segredo

que me nos pôs neste lugar

masturbante masturbado tão cedo

  

dei por mim a ser da mulher o mais amante

pouco me importa que seja vento

tufão furacão tornado tempestade tropical

porquê colar a tragédia ao semblante

à alma feminina tão amena se tida em seu contento

Cátia Irene Katrina não é justo é imoral

 

o bastante e irresoluto

para não deixar morrer

o absurdo o absoluto

que me absorve sem eu saber

 

quanto de tudo o que vivi é incerteza

ainda é porque todo o passado se renova

os mesmos conceitos que me te nos projectam

na amplitude do sonho a leveza

com que sobrevoo a experiência posta à prova

e redundam em verdades que me rejeitam

 

ser ainda pensante

tanto de outros que sou

na procura de mim maré vazante

entre sol e lua quem me achou

 

e agora humanos inteligentes à deriva?

depois da droga da abastança sem medida

conquistadores sem terra ou gente conquistada

regredimos no tempo para acerto da passiva

a dar lugar aos emergentes nova esperança deprimida

que o tempo é de voltar à memória estagnada

 

partir de toda a memória

genuínos na onda altiva

a soletrar a nossa história

envolta na maré viva

 

autor: jrg

08
Out12

LUÍSA TRINDADE - MULHER - CORAGEM

NEOABJECCIONISMO

LUÍSA TRINDADE - MULHER - CORAGEM


imagem pública tirada da net
**
LUÍSA TRINDADE
MULHER CORAGEM
***
ainda discursava 
o presidente
quando uma mulher
"Maria da Fonte"
ou Luísa Trindade de seu nome
de punho erguido à frente
gritava o desespero 
do seu viver sem pão 
nem liberdade
e ali tanta fartura 
em tão pouca gente
*

imagem pública tirada da net
*
vieram os gorilas
paus mandados
que a tentaram agarrar
usando força bruta 
contra a razão
em defesa das feras amedrontadas
sem medo 
Luísa a gritar
com a alma livre 
e  fogo no coração
foi a voz coragem dos indignados
*
imagem pública tirada da net
*
vimos o medo
a consternação idiota
do lado de lá
onde o poder se acoita
uma só mulher
quanto poder à solta
mãe MÁTRIA
chamem-lhe então louca
acabou a cerimónia
agora é a valer não se amedrontem
numa mulher não se toca

autor: jrg
29
Jul12

SER OU NÃO SER GOVERNO!

NEOABJECCIONISMO



um governo acantonado na caverna de Ali Baba
**
SER OU NÃO SER GOVERNO!

*
ser membro dum governo
deveria ser tão só uma causa nobre
e não um bando de malfeitores
um vento agreste que da vida faz inferno
que rouba descarado o rico pobre
tornando-se no maior dos predadores
a coberto da lei doce veneno
*
as pessoas calam mas sentem a injustiça
que é roubar aos reformados
parte do sacrifício que à vida pouparam
até no roubo a dignidade não é omissa
indigno é o ladrão que rouba aos amordaçados
e se vangloria das leis que o libertaram
do crime horrendo acto de rapina e vil cobiça
*
ser governo é administrar riqueza
produzida pela alma intrépida do labor
e não uma súcia de ladrões
uma vergonha que saqueia a humana natureza
espalhando o medo a coberto do terror
que suga suor e sangue e dizima as emoções
mergulhando o brando povo na tristeza                                                                                                                                                                                   

  *
sendo a constituição uma carta magna
que orienta o estado e a nação 
que impede o nepotismo e o usurpar da lei
não pode ser por ela que a vida estagna
dando por um ano o ónus da premissa ao ladrão
que abespinha a alma desta grei
e impede o germinar duma ideia humana e digna
*
ser membro dum governo sórdido
ou quem ordena ou executa cada ordem dada
não exonera a validade do compadrio
é tanto ladrão Ali Baba como quem rouba a seu pedido
e todo o que comenta a favor da coisa errada
tentando amansar pelo medo um povo tão bravio
Rua!!! antes que o tempo todo seja perdido
                                                                                                                                                                   

jrg
12
Abr12

ESTA NOITE...

NEOABJECCIONISMO
 imagem pública tirada da net
*
1968 - ESTADO DE GUERRA
***
esta noite
quando todos dormirem
pego no vento
e fujo
jrg
*****
2011/2012 - ESTADO DE INDIGNAÇÃO
esta noite
quando todos dormirem
embrulhado no vento
de mãos dadas com uma mulher
deuses supremos
da razão ou do inconsciente
entraremos nos sonhos
abrindo as portas à consciência
dos que dormem
dos que acordados se atropelam
na dúvida no desassossego
e sussurraremos
a luz o som o cheiro sabor tacto sentido
num grito sem sonoridade
que ecoe pela alma a liberdade
de sermos gente
que estremeça e agite o pensamento
diremos foge
do estado infame da escravatura
de mãos dadas
confortados por entre mar e ventos
seremos fogo
nas coutadas gananciosas de poder
terra fértil
amor primavera das cinzas a renascer
venceremos!!!
*
autor: jrg
30
Jun11

INDIGNAÇÃO!!!...O 13º MÊS NÃO È UM SUBSÍDIO...

NEOABJECCIONISMO

INDIGNO-ME!!!...

O13º mês não é um subsídio..,é parte integrante do salário ou reforma de quem dá o seu melhor para sobreviver entre os destroços duma sociedade em declínio...corruptora e corrompida...
Nós, os sobreviventes da velha humanidade, que não temos casas de luxo, nem recebemos mais valias por usura legalizada...que não traficamos droga..armas, nem traficamos influências...que não poluímos o ambiente nem forjamos crises financeiras para aumentar os lucros...que não destruímos as florestas, nem extinguimos as espécies animais...que não beneficiamos da engenharia financeira de bancos e mais valias bolsistas...nós que apenas queremos respirar...queremos paz...queremos amor...indignemo-nos contra esta medida anunciada...com todas as forças...porque se aceitarmos, outras nos reduzirão ao zero absoluto...
 
Era inevitável...os onze novos cavaleiros do Apocalipse usam máscaras de cordeiros...(eles são todos grandes sumidades a cortar no rendimento dos mais fracos)...mas são lobos esfaimados... era bom que nos dissessem em nome de que principio de humanidade se atrevem a tachar, com um imposto extraordinário sobre um mês de salário que os cidadãos aguardam com ansiedade para colmatar as suas dificuldades, crescentes, ao longo do ano? indigno-me...cortar no 13º mês..é um roubo..indignem-se...os 40% de abstencionistas..os votos nulos..os votos brancos...os que votaram contra...Indignem-se!!!...

 

 ...porque esta gente tem palavras mansas de cordeiro no uivar do lobo... para nos trucidar o que temos ainda de dignidade...seria bom que nos dissessem, também, com que fim ou objectivo, trocaram os seus salários de milhões, pela precariedade obsoleta de uns poucos milhares de euros anuais...no governo...ou vêm ganhar o mesmo?

Indignado
autor
jrg (joão raimundo)

13
Mar11

LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS !!!

NEOABJECCIONISMO

{#emotions_dlg.redflower}{#emotions_dlg.blueflower}

 

*****

o dia amanheceu primaveril
depois de prolongada troca de mensagens
a actividade humana foi paralisada
ruas desertas lojas fechadas era Abril
nem sinal de gente nas paragens
os povos cansaram pela madrugada

lindo de ver os tão afoitos agiotas
à míngua de iguarias já famintos
desesperados de ter tanto e não ser
exibindo sem pudor nem resposta suas notas
suplicando comer e vinhos brancos tintos
tão frágeis sem abrigo antes de morrer

não se pagam as contas de gás e electricidade
nem as rendas arbitrárias da habitação
a água corre livre nas torneiras ruas e quintais
instituído o caos à revelia da autoridade
a memória colectiva a funcionar como razão
por entre gritos de vivas de nunca mais

por todo o planeta ocorre a agitação
saídos do cerco económico e financeiro
do trabalho sem glória do estudo sem emprego
os povos assumem de viver outra dimensão
extinguem o conceito em cada palavra ligeiro
que os condenava ao desassossego

exigem uma língua única uma só moeda
que o mundo global seja reduzido a uma só nação
que todo o ser humano tenha iguais deveres e direitos
que se salvaguarde da natureza a queda
que se distribuam os excedentes sem interrogação
que todos os seres sintam na vida seus proveitos

que seja estimulado sem segredos o conhecimento
que cesse a propaganda do marketing e da religião
que o mais forte não oprima o fraco sem recursos
que a sabedoria impere sobre o fingimento
que não se fabriquem bens impróprios por sofreguidão
que sejam extintos os privilégios fixos e os avulsos

que se extingam as armas e todos os exércitos
que a ciência não promulgue a indulgência na absolvição
que sejam repostas as leis usurpadas à natureza
que às espécies diferentes se reconheçam seus créditos
que seja assegurado o direito à liberdade de expressão
que cesse sobre a mulher a violência psicológica da tristeza



autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores