Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

25
Abr13

DI-TA-DU-RA

NEOABJECCIONISMO

**
DI-TA-DU-RA
**

uma ditadura
é o quê?
obscurantismo violência
é uma cercadura
sem como nem porquê
de livre arbítrio em evidência
*
um ditador
é o quê?
um corpo sem alma volante
desprovido de amor
que usa palavras que não lê
sobranceiro à ideia pedante
*
a democracia 
é o quê?
a representativa é um embuste
dispendiosa vazia
tem da liberdade uma ideia cliché
e funciona por ajuste
*
um democrata
é o quê?
representa a oligarquia
que come com talher de prata
pode até ser no limite um Pinochet
feito de pura magia
*
a vida Universal
é o quê?
uma manifestação de amor
partilha solidária
direitos e deveres sem falsa mercê
respeito por tudo em seu redor
*
a democracia pura
o que é?
se for o dever de todos participarem
na construção da vida com ternura
se for cada cidadão bater o pé
quando  a sua dignidade ultrajarem
*
a democracia pura
só pode ser
a organização da vida com valores
feita por todos à altura
da dimensão do homem e conhecer
o limite dos horrores
*
um político
o que é?
um manipulador de sentimentos
um criminoso atípico
que onera por demência o pobre Zé
e lhe atribui fins obsoletos
*
um matriarcado
o que é?
um sistema como outro filosófico
por via uterina ligado
que não trata pessoas a pontapé
não é grotesco nem anedótico
*
as pessoas gente
o que são?
são uma parte do Universo vivo
que organizada vive contente
sem cobiça prepotente ou tentação
de tornar o outro cativo
*
o dia 25 de Abril 
o que é?
uma data efémera oca de valores
festejada no redil
com palavras rendilhadas no sopé
da nova ditadura dos horrores

jrg
24
Mar13

APRENDIZ DE VIVER!

NEOABJECCIONISMO
foto MManuela Dias
um momento de leitura no lançamento do livro
A MENSAGEM, Podemos Mudar o Mundo, em co-autoria
com a poetisa Zélia Chamusca...
*

APRENDIZ DE VIVER

*

«««//»»»

*

nada me dá mais gozo de viver

que o começar a coisa nova

a ser do aprender a vida inteira

correr a onda da ideia a crescer

sentir que algo me sorri e me aprova

quando a esperança ganha a dianteira

 

aprendiz de viver

sou do povo do meio

penso na vida a acontecer 

sem da morte ter receio

 

as palavras são comuns à espécie humana

um sorriso é conversa Universal

a mímica das mãos do corpo dos olhares

são marcas indeléveis até em mente insana

que sulcam sentimentos da memória original

onde o homem se procura além dos mares

 

nem sou vagabundo

nem excêntrico

nem de sábio sou profundo

dá-me gozo ser autêntico

 

ser aprendiz convicto na humanidade

de não saber quando ocorre a mudança

nem porque gravita o planeta atracado à luz solar

ser aprendiz de menor ou de maior idade

entender de todo o outro a tempestade e a bonança

eis o homem que sou a madrugar

 

não sou nem mestre

nem nada que de perto se veja

mal apreendo que me entre

tantas vezes a parte de mim que me sobeja

 

fui à guerra aprendiz de ser soldado

numa bomba que explodiu

vi a fragilidade humana ante a morte

não matei nem fui matado

mas ganhei esta visão dum povo a quem se mentiu

tão longe à procura do seu norte

 

com medo de ser e me achar

descobridor do segredo

que me nos pôs neste lugar

masturbante masturbado tão cedo

  

dei por mim a ser da mulher o mais amante

pouco me importa que seja vento

tufão furacão tornado tempestade tropical

porquê colar a tragédia ao semblante

à alma feminina tão amena se tida em seu contento

Cátia Irene Katrina não é justo é imoral

 

o bastante e irresoluto

para não deixar morrer

o absurdo o absoluto

que me absorve sem eu saber

 

quanto de tudo o que vivi é incerteza

ainda é porque todo o passado se renova

os mesmos conceitos que me te nos projectam

na amplitude do sonho a leveza

com que sobrevoo a experiência posta à prova

e redundam em verdades que me rejeitam

 

ser ainda pensante

tanto de outros que sou

na procura de mim maré vazante

entre sol e lua quem me achou

 

e agora humanos inteligentes à deriva?

depois da droga da abastança sem medida

conquistadores sem terra ou gente conquistada

regredimos no tempo para acerto da passiva

a dar lugar aos emergentes nova esperança deprimida

que o tempo é de voltar à memória estagnada

 

partir de toda a memória

genuínos na onda altiva

a soletrar a nossa história

envolta na maré viva

 

autor: jrg

31
Dez12

2013

NEOABJECCIONISMO
foto pública tirada da net
2013
***
A Esperança, toda a Esperança, reside na nossa capacidade de resistir, de criarmos alianças com outros povos, de declararmos guerra às formas de governo ditatoriais  ainda que mascaradas de democracia...está aos olhos de todos que a chamada democracia está a ser subvertida por este governo em Portugal, hoje...
O que importa é o que nos une, o direito a sermos tratados com humanidade...as diferenças são trocos que devemos habituar-nos a juntar para uma unidade futura...
Está em curso uma mudança cósmica de grande dimensão…adivinham-se convulsões que abalarão os sistemas de organização humana, há hiatos no e de pensamento, uma revolução de natureza global, vinda da base para o topo da ancestral pirâmide dos poderes, político, económico e financeiro que transformará a vida no Planeta…
O estado em si, através dos governos, deixou de ser uma pessoa de bem…acossados pelo descalabro das contas públicas,  corroídos pela corrupção, quebraram contratos e promessas, cortando salários e pensões, atiçando pessoas contra pessoas numa divisão atípica de mais ricos e menos ricos dos pobres…
A ideia de riqueza associada ao dinheiro, ao ouro, à posse de bens móveis e imóveis  acumulada por usurpação das mais-valias geradas pelo trabalho, na especulação das bolsas e na engrenagem complexa de empréstimos públicos a privados, a juro baixo, que por sua vez emprestam aos estados a juros superiores, alavancados na segurança internacional que se solidariza com o esquema, está posta em causa por uma sociedade humana, descrente da via do ter a todo o custo e carenciada de amor…
A justiça, pensada para ser administrada com equidade, é uma falácia, porque o poder de litigância está reservado, apenas, aos detentores de riqueza material e influência política ou de corporação.
A economia definha, endividada, sem compradores, nem ideias que permitam a sua conversão para uma base sustentável e de valia humana, dissimula-se num crescendo da economia paralela, livre de impostos e de fiscalização, permissivamente instalada para suprir as dificuldades da economia organizada, que se julga serem de curta duração, e porque é uma fonte fiável de corrupção activa, além de via fortificada para impedir a revolta generalizada das populações, o biscate não paga impostos e retém as pessoas na acomodação de suas casas. Os bens transaccionáveis não o são pelo seu valor intrínseco ou de mercado, mas pela especulação financeira…fabrica-se mais do que é possível consumir…com o resultado nefasto do aumento do desperdício....da criação de excedentes que mais tarde ou mais cedo engrossam o negócio das sucatas.
O comércio florescente de estupefacientes, não tem paralelo com qualquer outro tipo de actividade humana lucrativa…assenta, sobretudo, na proibição da venda e do consumo e na sua criminalização…enquanto for proibido a procura cresce, o preço aumenta…enquanto for proibido, aumenta a sedução para o consumo, apresentada como um método eficaz para resolver as carências de todos os níveis do pensamento humano…acredita-se que as medidas punitivas, contra o tráfico, nascem duma comparticipação mútua de interesses públicos e privados ...as insuficiências, o abandono, a indiferença, a injustiça, a falta de estímulo, são supridas com a tomada de drogas…os lucros divididos geram um fabuloso enriquecimento ilícito, contra o qual se recusa legislar...
O amor como moeda de troca galvaniza as emoções dos que já nada têm a perder, por mera curiosidade intelectual ou por convicção filosófica…”Antes Pastores da Lusitânia Que Vitimas da Tirania” é uma expressão que ganha adeptos, entre os desesperados, ao verem as suas vidas trespassadas, por violentas medidas discricionárias, acompanhadas da exorbitação do medo e das restrições ao livre desenvolvimento das pessoas.
É neste clima cataclítico, que nasce um novo ano, onde as perspectivas animadoras e de esperança, são uma miragem...a juntar à pilhagem perpetrada por este governo em 2012 e face ao que se preparam para pilhar em 2013 e seguintes, em breve Portugal estará  de novo "Orgulhosamente Só"...sem direito à greve, a bem da nação...sem horário de trabalho, a bem da nação...sem convenções de trabalho, a bem da nação...sem liberdade de expressão, a bem da nação, sem mínimos salariais, a bem da nação...sem cuidados médicos essenciais, a bem da nação...sem escolas para todos, a bem da nação...sem liberdade de expressão e de reunião, a bem da nação...sem economia nem trabalho, a bem da nação...em breve voltarão os tribunais de excepção e não tarda, será referendada uma nova constituição...tudo a bem da nação...
Antes Pastor da Lusitânia que vítima desta tirania...
Que o novo ano de 2013 traga à gente Portuguesa o sentido do significado de Nação, que os dicionários traduzem como Povo...
autor: jrg
22
Out12

PROFECIAS !...

NEOABJECCIONISMO
imagem pública tirada da net
*
PROFECIAS
**
a estrela sol
a lua
a terra
as ninfas musas tágides
a natureza
a quietude mulher
a firmeza
*
navegar pela memória
bem adentro
no interior da alma
a esbarrar
no sem sentido que é
a vida assim
imersa em violência
*
o iluminismo
a despertar a consciência
o homem ínfimo
a infinitude de ser mulher
o pesadelo
a ganância efémera cobiça
o sonho de viver
*
de repente sob a luz do caos
quando já tudo ruía
a esperança d'alma a emergir
eis que um clarão
dissipa o mistério a sonolência
de onde brota
a ideia nova a nítida visão
*
a pureza da água
a lucidez
a acordar a alegria
a brisa mansa
a ardência da agonia
a aterragem
a irreverente rebeldia
*
emerge uma livre-pensadora
e outra já esquecida
e tantas mais que o homem silenciara
ao som diáfano
de intrépida e vibrante sinfonia
limpam de putrefactas
as ideias onde o homem as prendia
*
caem castelos da arrogância
dissolvem medos
arrasam ódios preconceitos
e sistemas viciados
instituem a ordem do amor
a partilha da fome
não há mais direito a sossegar
autor: jrg
18
Out12

PORTUGAL DE MARESIAS !

NEOABJECCIONISMO

imagem pública tirada da net

**

PORTUGAL DE MARESIAS
*
o país vai afundando
sem governo
nem arte de o marear
naufragando
numa maresia de veneno
à luz do medo e ao luar
à toa do inútil memorando
*
o país segue em cortejo
onda de ventos
a reboque da trama dos tiranos
alvos de motejo
com o país a passos lentos
em rotos panos
virado d'avesso como o vejo
*
a malta sai p'ra rua
dos tormentos
que já fora d'Árabes e romanos
agora é toda sua
alvor de puros sentimentos
mais humanos
e da realidade nua e crua
*
meu país de sol de mar e fogo
terra maninha fértil
d'olhos d'ao pé d'aver o mar
perdido em torpe jogo
num antro fumado de batota vil
impedido de jogar
que vai a pique logo logo logo
*
país de flores de brandos ventos
de aromas sensuais
de gente tão de boa cuja beleza
usa alma por sustento
livres pensadores mais além Universais
que amam sua natureza
não a vendem nem por testamento
*
povo rude mas assaz inteligente
ao ver do lobo a veste
na sua roupagem de vítima informal
agiliza a sua mente
exalta o que resta da alma luta resiste
à traição a Portugal
por criminosos de aparência galante
*
mas já não há nem nacionalismo
o que há são pessoas
ligadas pela terra e língua mãe
a libertarem-se d'egoismo
dispostas a construirem coisas boas
com esperança e sonho nada as detém
são a força do novo humanismo

*

 dantes não tínhamos nada

fomos por esse mundo fora à conquista
atrás da ambição dos loucos
hoje temos o mais que sobra da fornada
não desperdicemos d'altruísta
hoje que somos muitos antes tão poucos
a alma da nação nossa amada

*

autor: jrg

10
Out12

PROCLAMAÇÃO PELO RESGATE DA ALMA PORTUGUESA!!!

NEOABJECCIONISMO
***
imagem pública tirada da net
*
PROCLAMAÇÃO
PELO RESGATE DA ALMA PORTUGUESA!!!
:::=:::

Considerando que este governo que hoje se governa em Portugal, penhorou a alma do povo Português...
Considerando que o mesmo governo, tem uma ânsia voraz de saquear os rendimentos do trabalho a todo o custo...
Considerando que o país, Portugal, se encontra mergulhado num marasmo, pela inércia e pela indignação geral, face ao desemprego, à falência de empresas e projectos, à perda da esperança...
Considerando que este governo não tem ideias nem competência nem valências, nem sensibilidade humana...
Considerando que este governo atira o país e o povo para o abismo...
Proclamamos:
- A demissão imediata deste governo e apuramento dos eventuais crimes de ilícitos contra o povo, desde logo a forma como se ressarciram ao privarem-se dos lautos vencimentos que usufruíam na área privada...
- A devolução imediata dos salários, chamados subsídios, a todos os trabalhadores e reformados vitimas deste saque hediondo...em dinheiro vivo ou sob a forma de certificados de dívida pública ao mesmo juro que se paga aos credores...
- A renegociação da chamada dívida pública de Portugal, com auditoria independente e popular, para apuramento da sua real dimensão e justeza, do ponto de vista das relações humanas e o seu ajustamento à realidade de hoje, com pagamento diluído por vários anos, de acordo com a nossa sustentabilidade...
- A declaração de neutralidade do estado Português...
- A análise às condições de permanência na zona euro e a eventual saída se se verificar que o país não suporta estas condições extremas de aderência...
- A denúncia imediata de todos os contratos com as PPP, sem qualquer indemnização por parte do estado...
- A cessação das chamadas rendas energéticas, e outras subvenções de carácter obscuro a fundações, clubes ou associações desportivas e ou de utilidade pública...abolição dos institutos públicos que não tenham reconhecida importância para o funcionamento da coisa pública...
- A suspensão das privatizações já agendadas...
- A criação dum imposto sobre as grandes fortunas, juros de capitais, mais valias bolsistas e outras, bem como sobre o património de luxo, móvel e imóvel...
- O estabelecimento, nas actuais condições, dum salário mínimo Nacional, no valor de E 800 (euros) e dum salário máximo de E 8.000 (euros) , sem quaisquer outras com participações, para toda a administração pública e empresas públicas ou privadas...
- A exortação aos empresários para que abracem a causa do desenvolvimento da comunidade Portuguesa, estimulando e apoiando os altos índices de criatividade, dos trabalhadores Portugueses-..
- A exortação aos trabalhadores para que se lancem com a alma resgatada, unidos pelos mesmo ideal de vida e valores humanos, para, com a pujança, a arte e a sabedoria dos seus conhecimentos e vontade, impedirem o ultraje de sermos absorvidos como parte da massa falida do estado e da Nação...
- A denúncia de todos os actos ou indícios de corrupção ou favorecimento pessoal ou de grupo, por parte de quem dele tenha conhecimento, seja por ver, por ouvir, ou sentir que a coisa pública está a ser vilipendiada, desviada dos seus objectivos humanitários, ou roubada em proveito pessoal ou de grupos de interesses...
- A redução da frota de viaturas ao serviço de agentes do estado e autarquias a um mínimo essencial ao funcionamento racionalizado dos actos de administração e representação...
- A redução a zero, das habitações de luxo para instalação de serviços e ou personalidades, tipo o Palácio de Belém ou o Campus da Justiça...
- O fim das subvenções a partidos políticos...
- O aproveitamento de professores e outros agentes de educação para uma campanha geral de instrução à população de Portugal,  nas áreas da língua, da matemática, da história e da educação cívica, sem o que o povo permanecerá fragilizado perante a demagogia dos oradores bem falantes e sem escrúpulos de cidadania...
- O fortalecimento do apoio aos actos culturais que divulguem, dimensionem, e consubstanciem a alma Portuguesa...
- O trabalho da terra deve ser intensificado contra todas as barreiras que nos foram sendo impostas...hortícolas, pomares, flores, culturas de sequeiro ou de regadio, rasguemos a terra com as enxadas se não houver máquinas, rasguemos a terra com as mãos se não houver enxadas...desenvolver a pecuária e as actividades leiteiras... e todas as actividades de conservação de alimentos...
- O trabalho do mar onde houver pesqueiros, a intensificação da aquacultura e das actividades derivadas da pesca, a congelação, a secagem  e a conserveira...
- A reorganização da justiça, de modo a que todos sejam tratados por igual, de facto,procedendo às alterações julgadas necessárias que hoje dificultam a sua aplicação com celeridade e justeza...
- Um perdão generalizado de dívidas que recaem sobre as pessoas, vitimas da usura e da propaganda que as levou a exacerbarem o consumo, fim das penhoras sobre salários e ou casas de habitação, para todos os cidadãos com salários ou pensões abaixo dos E 2.000 (euros) ou desempregados...
- A reorganização das forças policiais numa só entidade...
- A reorganização das forças armadas... a sua redução até limites sustentáveis e de modo a contribuírem para a formação defensiva de toda a população a partir dos 18 anos, em acções pontuais e centralizadas numa perspectiva de defesa da alma e da terra Portuguesa...
- A descriminalização de todo o tipo de drogas hoje consideradas ilícitas e a sua venda livre nas farmácias, acompanhada de uma pedagogia de alerta,desde a escola, para os efeitos e perigos de insanidade que tal uso pode provocar aos consumidores, como sendo a única forma de acabar com o tráfico e a coacção sobre a personalidade das nossa crianças puberes...
- O fim de toda a actividade económica paralela...
- O respeito integral pelo meio ambiente, pela fauna que mantém o equilíbrio na natureza e pela própria natureza como sendo parte indissociável da felicidade humana...
- A institucionalização do amor...o aprofundamento da visão feminina da vida...a instauração duma democracia participativa...
***
Antes pastores da Lusitânia que vítimas da Tirania...podem levar-nos o ouro, a luxúria e a soberba, mas a Terra, o Mar e a Alma são nossos...A Alma, sim! Vamos Resgatá-la...por um Novo Humanismo!!!

autor: jrg

24
Set12

POR UM NOVO HUMANISMO!!!

NEOABJECCIONISMO

 

POR UM NOVO HUMANISMO!!!
***
Progressivamente e na ausência dum pensamento que nos projectasse o futuro, deixamos que o egoísmo tomasse conta das nossas vidas...a ideia de escola tornou-se uma bolsa de valores especulativa...onde professores e alunos são simples mercadoria transaccionável...a família deixou de ser o baluarte que o Catolicismo defendeu desde a sua criação, como forma de assegurar a hegemonia do masculino sobre o feminino...hoje a ideia de deus esfuma-se e a correlação dos valores alteraram-se sem que nada de verdadeiramente humano a substituísse...na nova escala de valores, surgem a Internet e as redes sociais como forma de partilha das emoções...vivemos num estado de selvajaria civilizacional, sem respeito pelos outros, nem pelos animais, nem pela natureza...os pensadores dos anos 60 perguntavam-se: " A máquina substituirá o homem? " tudo parece indicar que sim...o homem deixou de ser um fim em si próprio...precisamos dum esforço maior e das mãos de muitos para sair deste círculo limitado onde nos encerrámos...
*
Lembro uma expressão de Auguste Comte " saber para prever a fim de prover " qualquer governo, desde há décadas, não é mais do que isso, um grupo de amanuenses que tem um plafond de crédito para gerir na baiuca do seu país, validado por obscuras instâncias
internacionais...depois há uns, mais humanizados, que distribuem alguns benefícios aos mais carentes e outros que os roubam...e vão fazendo obras...quanto mais monumentais mais derrapantes..logo...mais corruptíveis...a questão da escolha dos personagens que vão gerir a massa disponível, referendada pelo voto dos cidadãos, numa espécie de democracia representativa, é apresentada como a melhor solução em cada momento, incentivada pelo marketing que orienta e manipula a opinião e corre pelos eleitores como uma espécie de campeonato...mais sucesso menos sucesso, as coisas foram-se compondo ao longo dos últimos anos...também nós Portugueses entrávamos na sociedade da abastança...Sócrates apareceu como um vilão e foram, contra ele, desencadeadas acções de autêntico genocídio politico e pessoal sem precedentes...as pessoas que estão hoje no governo, por via disso, não poderiam ser boas reses...nem para abate, quanto mais para engorda...
*
Era uma evidência, pela frieza dos lábios cerrados, pelo brilho sinistro dos olhos ávidos, pelo alarido das vozes vorazes, que esta gente que hoje se governa em Portugal não tinha solução nenhuma para os problemas do país...eles traziam uma única ideia para passar em
mensagens repetidas até à exaustão: Kafkianamente, as pessoas, os Portugueses, viveram estes anos todos, não sei quais nem quantos, acima das suas possibilidades...e nós ficamos assustados...vítimas de nós próprios, porque se havia quem vivesse acima do produto ou da riqueza criada, era o próprio estado/governo e seus acólitos do aparelho administrativo, regulador e fiscalizador...o que eles, poder pretendem é colocar-nos uns contra os outros, a velha táctica dos tiranos...
*
Esta crise, mais uma a meu ver induzida, é, na realidade, do pensamento...cada família ou individuo tem o seu próprio plano de endividamento e esforça-se por o cumprir sem possibilidade de roubar o estado ou qualquer outra instituição pública ou privada...se o estado se sobre endividou, deve procurar, como procurou, um plano de ajustamento, com espaço de manobra e de tempo que lhe permita honrar os seus compromissos...considerar que tal plano de reajustamento deve contemplar o roubo e a destruição da alma dum povo quase inteiro é no mínimo confrangedor à luz do pensamento humano humanitário... o que eles devem procurar reaver é de quem se enriqueceu com as comissões e favores nos grandes negócios que geraram uma nova classe de novos ricos e especuladores financeiros...cortar nas despesas supérfluas e no desmantelamento das instituições que servem para aglomerar famílias de protegidos pagos sumptuosamente... mas não...
*
Tornou-se uma evidência vergonhosa que ao abocanhar raivosamente os reformados, esta associação criminosa a que chamam governo, se preparava para um manjar dos deuses sobre toda a restante população, a partir do chamado limite de pobreza...e isto porque é pobre de ideias...é incompetente para pensar com humanidade...é incapaz para aprender com a história...é um aluno copista...é um traidor à alma Portuguesa que jurou servir e defender...não discuto medida por medida, este governo é um embuste todo ele, não gere...saqueia!, não produz... rouba!...vendeu a alma Portuguesa e é isso que temos que resgatar se acharmos que temos algum valor enquanto membros da espécie humana...
*
Não pode nem deve resumir-se à questão da taxa social única...à reorganização dos escalões de IRS ou a qualquer outro estratagema que virá a seguir, à medida que as medidas testadas na opinião pública sejam rejeitadas pela sua própria violência...o problema é de alma...quer se queira ou não, este governo, os seus mentores e os seus executantes venderam a alma de quem tem o verdadeiro poder para levantar e dignificar a alma dum país...o seu povo!...roubar dois salários aos pensionistas é um crime que nenhum ser humano decente pode compactuar sob pena de se ver envolvido num acto criminoso contra a humanidade...mas compactuaram! e logo de seguida, vem a taxa
social única que despoletou a unanimidade da indignação e da revolta...e virão mais medidas, até à derrocada final...porque o país está paralisado... porque sem alma não há pensamento que resista...não há trabalhador que trabalhe o seu melhor...e os resultados positivos  não vão poder aparecer...
*
É preciso pensar e organizar...os pensadores ostracizados...os loucos de Utopias...tudo cá para fora...antes que seja demasiado tarde...
*
"Antes pastor da Lusitânia que ser vítima desta tirania... "a revolta é inevitável, compete aos pensadores pensarem um modelo novo de sociedade à luz dum novo humanismo...insisto na ideia Matriarcal de organização da vida humana...o que não augura nada de bom é persistir neste sistema de sociedade arbitrária que tem conduzido o Planeta à beira do abismo...tem de haver alternativa...há alternativa...o pensamento não pode demitir-se nesta hora trágica para a humanidade...

Por Um Novo Humanismo!!!

autor: jrg

19
Set12

CONVOCATÓRIA!

NEOABJECCIONISMO
foto pública tirada da net
**
CONVOCATÓRIA!!!
***
convoco todas as forças ocultas
as da natureza
as do cosmos e abismos da alma
que soprem ventos
que o mar se revolte e regenere
as entranhas da terra
que se solte o fogo e arda tudo
o que nas palavras
não gera no corpo uma emoção
de sustentar a vida
*
convoco as palavras interditadas
nos subterrâneos conflituosos
onde se movimenta a nossa consciência
os gestos absurdos
de falsos estrategas do pensamento
os versos de poemas
odes cantilenas de poetas inversos
para que se municiem
da transparência púdica insofismável
invadam suas almas de ternura
*
convoco as crianças inocentes
de sorrisos tão lindos
e as carentes de amor de olhar triste
para darem as mãos
e em cada mão uma flor d'esperança
a fazerem de adultos
galgando as barreiras dos tiranos
porque perderam o medo
ao verem-se ser tantas orgulhosas
à beira do abismo dos sonhos
*
convoco as consciências
livres pensadores envergonhados
os defensores da nação
não os patriotas ficam onde estão
que armados uns de sabedoria
outros de balas para todo tipo de canhão
reponham valores de origem
internem esta demência desvalida
dos agentes da desgraça
que não saciam sua fome de vingança
*
convoco os deserdados de viver
que acreditem nos valores da dignidade
se munam de toda a esperança
e da sua capacidade de até a morte vencer
agarrem  com o fervor da alma
a oportunidade de gerirem a sua sorte
entre escolhos de desumanidade
abandonados sem préstimo p'los "valentes" 
ergamos de novo a imagem
da nossa humanidade povo em construção
*
convoco todas as mulheres
mães amantes de toda a criatura humana
que a história condenou à servidão
para não se deixarem enganar na sedução
de serem mais lindas fantasiadas
do que inteiras a pensar um mundo justo
o tempo urge e num ventre de mulher
em gestação há uma ideia nova pronta a nascer
uma filosofia um conceito de vida
baseada no amor que é comum a toda a natureza
*
convoco os cobardes e os valentões
os vagabundos com e sem eira nem beiral
os que só agora sentiram
a devastação que se apropria de nossas vidas
os que acreditaram na mentira
de alma ferida mas validada pela esperança
para que não se deixem vergar
pela incompetência dos valores invertidos
unidos por memória à resistência
contra a ablação da dignidade humana
*
há uma nova via para a felicidade
em paz amor e harmonia de vidas responsáveis
as nossas crianças exigem-nos a coragem
de desmantelar todo o poder que se arroga mais valia
quer seja um acto tresloucado
que erradique esta nojice de gente avassalada
ao obscuro domínio dos interesses
ou um pensamento imarcescível que humanize
num volte face a corrente histórica
que nos prende à morte por um fio de vida
autor: jrg
09
Set12

!INUNDAR LISBOA COM O SILÊNCIO DOS CORPOS!

NEOABJECCIONISMO

imagem pública tirada da net
***
«««//»»»
Força companheiras...Força companheiros...
inundemos Lisboa com o nosso silêncio...
e quando Lisboa estiver suficientemente cheia...
a transbordar do país real que somos...
enlacemos nossas mãos como correntes...
e acampemos no chão da cidade...
até que seja de novo Primavera nas nossas vidas...
as Pensionistas....os Pensionistas,
de cadeira de rodas...de bengala...de rastos... 
vitimas indefesas desta associação criminosa de governo....
as desempregadas...os desempregados, 
com dever de apresentação periódico como criminosos
presas encurraladas desta associação criminosa de governo...
as estudantes...os estudantes...
tratados como gado miúdo e como indigentes
por esta associação criminosa de governo
as médicas os médicos as enfermeiras os enfermeiros
destituídos do seu valor arrolados à peça
por esta associação criminosa de governo que os sufoca de trabalho
as professoras...os professores...despedidos
massacrados na sua interioridade pedagógica
menosprezados violentamente por esta associação criminosa de governo
as funcionárias...os funcionários públicos...
atingidos na sua dignidade humana atirados como bode expiatório
por esta associação criminosa de governo
as juízas... os juízes... desautorizados
pelas leis discricionárias desta associação criminosa de governo
os ainda empregados em geral apanhados nas malhas
cada vez mais apertadas da pilhagem
por esta associação criminosa de governo

e as poetisas...e os poetas
as artistas...os artistas... das artes e de espectáculo
as pensadoras...os pensadores
que pensam e trabalham a ideia que sucederá
a esta ditadura criminosa de governo
Unidos em União de Facto...solidária e humanitária
a uma só voz a uma só alma
porque o que está em risco é a nossa liberdade de viver
pela continuidade da paz e do amor no lugar onde vivemos
pela liberdade de pensamento e criação
pela restituição da alma que esta associação criminosa de governo nos roubou
por uma nova organização social e humana e tendo como princípio
e base de sustentação filosófica a visão Feminina da vida
por um Novo Humanismo onde o conceito de riqueza não seja o ouro mas tão só o amor
por uma nova constituição, sem artigos e alíneas ardilosos
que regule a convivência harmoniosa dos diversos grupos e etnias
com real justiça nos diversos domínios da actividade humana
pelo direito a uma educação Universal e direccionada para o conhecimento
inundemos Lisboa com o silêncio dos nossos corpos
e o grito indignado da nossa alma humana!
autor: jrg
(aprendiz de poeta,reformado,logo,apátrida, segundo esta associação criminosa de governo...e cidadão da MÁTRIA em construção...pela via Matriarcal)
17
Ago12

M Ã O S !!!

NEOABJECCIONISMO
imagem pública tirada da net
**
MÃOS!...
**
mãos ansiosas
mãos de calos
mãos rugosas
mãos de artista
mãos vincadas
mãos de loucos
mãos poderosas
mãos de leme
mãos solidárias
mãos que afagam
mãos que apertam
mãos que pedem
mãos que dão
mãos que sustentam
mãos que atiram
mãos de gente
mãos de pessoa
mãos de mulher
mãos pequeninas
mãos de amor
mãos que guiam
mãos que suam
mãos de velhos 
mãos de novos
mãos que roubam
mãos que devolvem
mãos que apelam
mãos de carícia
mãos de fogo
mãos de medo
mãos de esperança
mãos coragem
mãos sensíveis
mãos que dividem
mão que unem
mãos que ferem
mãos que matam
mãos que curam
mãos que sofrem
mãos que riem
mãos que amam
mãos que salvam
mãos que repartem
mãos que morrem
mãos de gestos
mãos sensíveis
mãos dormentes
mãos!
mãos de fome
14 biliões de mãos!
mãos carentes
unidas em cadeia
mãos potentes
por um novo humanismo
mãos!!!
jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores