Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

22
Set13

MINHA MÁTRIA

NEOABJECCIONISMO
imagem tirada da net
*
MINHA MÁTRIA
**
não é possível na Bélgica
na Holanda ou na Suiça
que políticos criminosos
roubem sem devida réplica
protegidos pela justiça
que bafeja os invejosos
*
nem na França e Alemanha
Dinamarca ou Inglaterra
a troco de falsa esperança
se investia em peçonha
culpabilizando os sem terra
para pagar à finança
*
só mesmo um país Portugal
com sentido picaresco
onde quem tem bom olho é rei
um povo cego e frugal
arde num inferno Dantesco
com medo dos fora da lei
*
povo manso ou tão cobarde
fruto da própria mentira
que o fez orgulhoso da história
fecha os olhos e faz alarde
que em vez de avançar se retira
por ser de tão fraca memória
*
digo palavras de indignação
gravadas a sangue plebeu
em tarjas negras de espanto
erijo a MÁTRIA nação
que arde bem dentro do meu
vermelho de desencanto
jrg
29
Mar13

SÓCRATES !

NEOABJECCIONISMO


SÓCRATES
***
a palavra Sócrates
coloca tanta muita gente furibunda
primeiro o Grego da filosofia
depois foi o Brasileiro e seus fortes remates
agora é o político Tuga que a circunda
depois de ser julgado pérfidamente à revelia
*
se o filósofo Sócrates
em vez de condenado a tomar cicuta
pudesse litigar sua defesa
talvez houvesse menos mais disparates
nem a razão pareceria tão estulta
quando esgrimida com sofisma e tibieza
*
se o médio Sócrates
em vez de defender ousasse ser só ataque
quem sabe no Brasil o que faria
talvez se confrontado com os dislates
mandasse golear toda a claque
estendendo à verborreia a certeira pontaria
*
o grande erro de Sócrates
o político mais audaz da Lusa história
foi ter ido a combate sem defesa
traído por amigos vaiado por orates
vítima da mais cobarde oratória
que o culpou de crimes imputados até à realeza
*
é mentira que o homem
seja na natureza o ser mais que perfeito
sendo tão frágil ao nascer e na morte
cresce a aldrabar o mundo para que o tomem
por deus do universo rarefeito
submetendo o fraco à lei imbecil do mais forte
*
melhor seria se houvesse
de cada acção ou ideia melhor entendimento
que nos estimulasse a alegria
de acharmos na vida o sentido que fizesse
luz na consciência e pensamento
que a palavra Sócrates carrega em energia
*
melhor seria se houvesse
a noção exacta da nossa ínfima pequenez
num mundo giro e maravilhoso
onde cada um de nós se incumbisse
de livrar da vida a sordidez
que mancha o pensamento livre mais ditoso
*
jrg
29
Mai12

HÁ PESSOAS QUE ...

NEOABJECCIONISMO






















imagem de Esmi Bauto...
***
HÁ  PESSOAS!...
*
há pessoas que ainda sonham
mas não têm atitudes
há pessoas que são capazes
mas não têm sonhos
há pessoas que entendem
mas são egoístas
há pessoas egocêntricas
que se abominam
há pessoas sem limite d'ambição
que destroem vidas coisas
há pessoas insensíveis de amor
que se pensam imortais
há pessoas tão gananciosas
que omitem o ser
há pessoas atrás da violência
que encobrem o medo
há pessoas tão de tanto arrogantes
com défices de coragem
há pessoas aterradas de medo
que não soltam a força
há pessoas mesquinhas de ganhar
que não aceitam perder
há pessoas invejosas agoirentas
que não sabem sorrir
há pessoas viciadas viciantes
que recusam parar
há pessoas autodestrutivas
que vivem angustiadas
há pessoas astutas ardilosas
que tecem armadilhas
e há pessoas boas tão simplesmente valorosas
que as não deixam sonhar
*
autor: jrg
12
Mai12

AINDA A INVEJA...

NEOABJECCIONISMO
foto pública tirada da net
*
AINDA A INVEJA
*
somos povo mesquinho
de tal sorte
capazes de guardar sem serventia
um bem privado ou público
num canto da casa ou do quintal
só por invejar bens de outros
*
habituados à servidão
servimos-nos cruelmente da astúcia
puta só ladrão só
e quando alguém se evade desta atença
se homem é vigarista
se mulher é apodada de putéfia
*
somos um povo habilidoso
desenrascado à procura de biscates
se alguém que ganha mais
for roubado seja por lei ou por privado
acomodamos no silêncio
o medo de sermos pelo mesmo motivo achados
*
vamos ao grito na multidão
vazamos os instintos há muito abafados
atiramos pedras aos fracos
cada um de nós é o mais puro e incita os outros
sem saber qual a razão
por isso nos iludimos do que mais parecer
*
somo um povo carente de destino
de olhar cabisbaixo vendemos a dignidade
por um naco e tanto de lixeira
ainda que tenhamos uma leira nossa de terra
somos pobres de tudo até no pedir
não vá a pobreza ruir e deixar-nos à mingua
*
cansados de viver em vã disputa
olhamos os mais jovens que protestam
como uma faúlha desgarrada
isto foi sempre assim disseram os antes de nós
vocês não querem é trabalhar
como quem diz aéreamente desenrasquem-se
*
somos um povo invejoso
a quem a revolução sempre encontra
à esquina de mãos nos bolsos
a mirar para que lado a vitória engrossa
na dúvida silenciados
mas se ganham os revoltosos soltamos a euforia
*
quero saudar a juventude com IDEIAS
as Mulheres
todos os que não se vergam ao poder discricionário
os possuidores de mentalidade nova
as crianças que não aceitam a nossa rendição
por um novo Humanismo
jrg
01
Mai12

EPITÁFIO !...

NEOABJECCIONISMO
imagem pública tirada da net
*
EPITÁFIO
**
até ao último estertor
a morte
quero agonizante poder dizer
que entendi
viver até ao fim insubmisso
a todo o poder
ainda que me custasse a pouca sorte
de pobremente
enriquecer de amor e tão feliz
autor: jrg
30
Abr12

QUANTO DE NÓS AINDA RESISTE !...

NEOABJECCIONISMO
 imagem Lenita Nabais
**
QUANTO DE NÓS AINDA RESISTE
***
quanto sol
ainda havia para em nós arder
quanta bruma
a sombrear a rota até vencer
quanto amor
havia que amar antes de morrer
e eu à tua espera
*
quanta lua
enche a vaza em marés vivas
quantos ventos
trazem mudanças invasivas
quantos mares
sereias iludidas neles cativas
e tu tardas a chegar
*
quanta chuva
húmida e fria no meu corpo encharcado
quanta fartura
num beijo ou num abraço entrelaçado
quanta alegria
ao sentir o pulsar da alma esperançado
e ao longe ainda a neblina
*
quanta terra
onde semeio palavras paladinas
quanta abundância
de searas formosas tão femininas
quanto de tempo
os teus lábios rumorejam em surdina
e o silêncio lúgubre que perdura
*
quanta esperança
no reboliço das emoções em liberdade
quanta magia
no teu olhar de menina a humanidade
quanto de beleza
traz o humanismo novo à claridade
e eu em ti acontecendo
**
autor:jrg
29
Abr12

H Á PESSOAS !,,,

NEOABJECCIONISMO
imagem de amiga
já não sei quem
***
Á  PESSOAS!...
há pessoas que ainda sonham
mas não têm atitudes
há pessoas que são capazes
mas não têm sonhos
há pessoas que entendem
mas são egoístas
há pessoas egocêntricas
que se abominam
há pessoas sem limite d'ambição
que destroem vidas coisas
há pessoas insensíveis de amor
que se pensam imortais
há pessoas tão gananciosas
que omitem o ser
há pessoas atrás da violência
que encobrem o medo
há pessoas tão de tanto arrogantes
com défices de coragem
há pessoas aterradas de medo
que não soltam a força
há pessoas mesquinhas de ganhar
que não aceitam perder
há pessoas invejosas agoirentas
que não sabem sorrir
há pessoas viciadas viciantes
que recusam parar
há pessoas autodestrutivos
que vivem angustiadas
há pessoas astutas ardilosas
que tecem armadilhas
e há pessoas boas tão simplesmente valorosas
tanto que as não deixam sonhar
*
autor: jrg
21
Abr12

A IDEIA !...

NEOABJECCIONISMO
***
A IDEIA...
***
a IDEIA adeja
dentro e em volta de cada sonho
perturba a inacção
incita o pensamento a não temer a peleja
ao sou e não ao tenho
sendo a base do humanismo em formação
a IDEIA abraça e beija
*
a IDEIA vai na frente
bandeira da alma humanitária
agitada pelo vento
marcha no comando alegremente
combate a crise imaginária
lança foguetes de esperança sobre o tormento
a IDEIA fértil de semente
*
a IDEIA gera medo
aos agentes do poder à corrupção
porque exibe a alma pura
mostra a força sem qualquer segredo
porque não se cala o coração
na hora de romper esta absurda cercadura
a IDEIA desfaz todo o enredo
*
a IDEIA arrasa
espalha o pânico quando mostra a evidência
entre os facínoras entretidos
de como é fácil sem fortuna fazer casa
quando a alma toma consciência
sobre os destroços dos sistemas já falidos
a IDEIA assenta praça
*
a IDEIA  eureka é luz
porque alguém se dispôs a pensar
juntou traços desavindos
contra o ardil a mentira a opressão que reduz
uniu a soma de amizade com amar
despertou silêncios ergueu a voz abriu ouvidos
a IDEIA é a força que seduz
*
a IDEIA descobre saídas
onde todas as vias foram subtilmente fechadas
fura no tempo escava na memória
evolui como as crianças que se acham já crescidas
chama mulheres rufa tambores nas alvoradas
refaz da humanidade a nova história
a IDEIA não morre ante a violência das investidas
*
a IDEIA é o princípio
se a deixarmos morrer é o nosso humano fim
não a vamos deixar secar prender
antes elevaremos bem alto o seu bom auspício
plantaremos ideias à volta do jardim
que ninguém se atreva porque havemos de os vencer
a IDEIA é a arma da paz que vos envio
***
autor: jrg
05
Abr12

SOMOS O HOMEM !

NEOABJECCIONISMO
foto pública tirada da net
*
SOMOS O HOMEM
*
a terra é um planeta gigante
onde  mais que sete biliões
de crianças humanas brincam
ao traficante
sem saberem as regras do jogo 
uns por verem brincar outros com cifrões
outros a brincar a nada 
que tropeçam volta e meia no absurdo
da aresta dum farsante
que domina as regras em segredo 
*
crianças que giram girando
fazem roda à volta de complexas rotações
umas ingénuas imberbes aéreas
outras crescidas gritando
às que por não terem armas nem brasões
saem do jogo e vão de férias
indiferentes ao poder que estão gastando
*
a terra é uma bola em suspensão
nos abismos do éter vaporosos
tanto de tão profundos
tudo o que se sabe é de pouco valimento
eu que nasci e morro criança 
aprendendo
sem ter aprendido de onde e porque vim
preso na força que me a rodeia
desacreditado das razões humanas 
fraudulentas
*
fomos semeados é o que somos
sementes embutidas nas correntes marítimas
ou pequenas partículas de átomos
que segregaram poeiras germes e gazes
agrupados em constelações Zodiacais
depois em tribos
territórios nações impérios
divididos em sementes gradas e miúdas
famílias inteiras
até que divididas na repartição do ouro
*
nos tornámos num embuste animal
face à imensidão deste pequeno núcleo terráqueo
tomados pelo desvario da ambição
subvertemos valores
alteramos a ordem natural das coisas
porque somos os mais
na inteligência no consciente e na razão
não há ser nem acontecer
dominamos o saber e o conhecimento
somos o homem
*
ah ah ah que carinhosa loucura
somos um pouco de nada
amparados uns nos outros sem memória
à procura da nossa dimensão
a cada contratempo culpamos um deus
ou um diabo que inventamos
somos feitos de mentiras e enredos
*
batemos no vizinho por pura instigação
seguimos os de maior seguimento
que ninguém pense que somos uma aberração
temos medos...pois claro
porque nos sentimos avaros e tão sós
na partilha dos sentimentos
porque deixamos a árdua tarefa de pensar
a quem melhor usa os pensamentos
para nos amarrar a preconceitos de humildes serviçais
não basta parecer o homem é preciso ser o Homem
por um novo humanismo
autor: jrg
24
Mar12

POLÍCIA DE CHOQUE !

NEOABJECCIONISMO
POLÍCIA DE CHOQUE
***
são os homens de ferro do sistema
máquinas cientificamente programadas
nem sorrisos nem esgares
lábios cerrados olhos fixos nos vultos que se agitam
foram treinados para massacrar
nada os impede quando postos em movimento
não ouvem vozes nem lêem escritos
como os aviões não podem aterrar quando levantam
obedecem a ordens em código secreto
como cães de elite sequiosos de mostrar talento
são de choque intervenção ou especial
nenhum governo os dispensa ciente da sua fraqueza
e porque não vêm senão vultos
massacram velhos mulheres crianças mãe e pai
são inimputáveis que ninguém se engane
os inquéritos são normas apagadas ao cair do pano
mas não são invencíveis e como tal
tornam-se impotentes perante armas iguais
ou na presença de uma multidão
imagino Lisboa sitiada arquejando as gentes
vandalizadas na sua dignidade
sem emprego marginalizadas pelo estado
imagino se forem mais que um milhão
decididos a mudar o tempo a alterar a rota de vergonha
perante uma tal força de vontades de emoções
não há polícia que obedeça
nem quem ouse o código soletrar
autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores