Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

30
Jun11

INDIGNAÇÃO!!!...O 13º MÊS NÃO È UM SUBSÍDIO...

NEOABJECCIONISMO

INDIGNO-ME!!!...

O13º mês não é um subsídio..,é parte integrante do salário ou reforma de quem dá o seu melhor para sobreviver entre os destroços duma sociedade em declínio...corruptora e corrompida...
Nós, os sobreviventes da velha humanidade, que não temos casas de luxo, nem recebemos mais valias por usura legalizada...que não traficamos droga..armas, nem traficamos influências...que não poluímos o ambiente nem forjamos crises financeiras para aumentar os lucros...que não destruímos as florestas, nem extinguimos as espécies animais...que não beneficiamos da engenharia financeira de bancos e mais valias bolsistas...nós que apenas queremos respirar...queremos paz...queremos amor...indignemo-nos contra esta medida anunciada...com todas as forças...porque se aceitarmos, outras nos reduzirão ao zero absoluto...
 
Era inevitável...os onze novos cavaleiros do Apocalipse usam máscaras de cordeiros...(eles são todos grandes sumidades a cortar no rendimento dos mais fracos)...mas são lobos esfaimados... era bom que nos dissessem em nome de que principio de humanidade se atrevem a tachar, com um imposto extraordinário sobre um mês de salário que os cidadãos aguardam com ansiedade para colmatar as suas dificuldades, crescentes, ao longo do ano? indigno-me...cortar no 13º mês..é um roubo..indignem-se...os 40% de abstencionistas..os votos nulos..os votos brancos...os que votaram contra...Indignem-se!!!...

 

 ...porque esta gente tem palavras mansas de cordeiro no uivar do lobo... para nos trucidar o que temos ainda de dignidade...seria bom que nos dissessem, também, com que fim ou objectivo, trocaram os seus salários de milhões, pela precariedade obsoleta de uns poucos milhares de euros anuais...no governo...ou vêm ganhar o mesmo?

Indignado
autor
jrg (joão raimundo)

26
Jun11

S E R M O S !...

NEOABJECCIONISMO

 

imagem pública tirada da net
{#emotions_dlg.blueflower}

 

SERMOS

»»»//«««

o teu corpo em movimento
rebolando sobre o meu afogueado
o teu beijo nos meus lábios
as mãos carícias mimo sentimento
mamas coladas a mim suado
percorrendo os teus desejos sábios
*

a tua boca minha delicia de sabores
nossas línguas se enredando
o odor do teu corpo me envolvendo
o beijo os beijos de mil cores
os segredos o teu corpo se revelando
menina bonita me acontecendo

*

o teu e o meu sexo na excitação
do beijo azul que se afunda no desejo
se franqueias a porta da entrada
acelera o ritmo do teu e meu coração
eu surpreso da doçura do teu beijo
que se solta da tua alma apaixonada

*

poder estranho este que nos sentimos
que nos impele a romper a timidez
na procura intensa dum momento novo
sob silêncio de marés que ouvimos
é o chamado da alma audível a nitidez
no beijo azul que me extasia se o provo

*

de súbito o teu e o meu sexo lascivos
passsam a barreira do pudor
se permutam em vai e vem frementes
obedecem a impulsos explosivos
de amizade que se constitui em amor
e nos provoca orgasmos eminentes

*

jrg

25
Jun11

BORBOLETA DE MIL CORES !...

NEOABJECCIONISMO

BORBOLETA DE MIL CORES

 

imagem net

«««//»»»
borboleta azul
com asas de veludo
vens de norte a sul
sobre mim desnudo

*

libélula de mil cores
no silêncio dos prados
meu doce mar de amores
de suspiros alados

*

mulher fêmea sensual
formas dúcteis sedutora
corpo ao sol no areal
a meus olhos provocadora

*

andorinha que sibilas
no voo razante teu trinar
visitas em todas as vilas
os ninhos de a bem sonhar

*

pomba branca adejando
trazes recados de amor
sobre o meu rio vogando
perfumada de flor

*

penso em ti no teu desejo
sendo o meu em ti presente
na doçura do teu beijo
que dentro minh'alma sente

*

penso em ti misteriosa
menina mulher dançante
desces meu corpo mimosa
quero ser de ti amante

*

autor: jrg

23
Jun11

SABER...NÃO SEI !...

NEOABJECCIONISMO

»»»//«««

 

queria eu ser na magia do saber
tanto do teu corpo e do meu
como ondas no rio ao adormecer
no ventre da maré e do céu

*

se tu soubesses onde fica o limite
para a torrente de palavras
que a minha alma amante emite
enquanto no silêncio lavras

*

queria eu saber d'onde esta magia
que te me perturba coração
quando me beijas de azul a poesia
e me derretes no fogo do vulcão

*

se tu soubesses onde tudo aconteceu
o que nos tocou tão fortemente
olhando a margem desde que amanheceu
agarrados um ao outro mesmo em frente

*

saber não sabes como eu não sei
soltamos um abraço a voz
estremeceste da alma o suspiro que dei
embargaste as palavras junto à foz

*

se tu soubesses como anseio no desejo
de me quereres olhar de novo
unir teus lábios aos meus num beijo
momento doce em que te provo

*

não quero que morras pobre de saber
nasceste mulher para libertar
liberta amarras confia pára de sofrer
descemos o rio que se faz ao mar

*

jrg

11
Jun11

A JORNALISTA !...

NEOABJECCIONISMO

«««//»»»

*

a voz o timbre a precisão
para captar o facto em movimento
o faro o sangue frio a emoção
os olhos vivos o sorriso em cata vento
*
a linguagem criptográfica
o conhecimento dos meandros da noticia
a sedução quase pornográfica
de como esventra a alma com astúcia
*
de tudo aprendeu coisa pouca
a amplitude do efeito mais visível
não importa pensar muito feita louca
tanto faz que no final fique risível
*
a atenção no objectivo
a filtragem do grau de importância
um pouco de intriga se motivo
que interessa ao grupo que a financia
*
nas entrelinhas é fêmea amante
mulher e mãe presente
amiga até de forma a ser garante
da informação mais inocente
*
acusa e incomoda a ver se verte
mulher de múltiplas facetas
sem protecção fiel que a acoberte
se a tinta salta das canetas
*
eis à sua dimensão a jornalista
reduzida a um ponto de interrogação
se ao contar a história é altruísta
se se desvia do sentido alto da missão
*
tenta fazer passar independência
às vezes frívola maléfica
porque a atraem promessas de indecência
que trazem fama à alma céptica
*
às vezes utiliza o raciocínio
no privilégio de informação importante
não esconde pelo poder o seu fascínio
sendo da esperança confiante

autor: jrg
>

05
Jun11

AI...ROSA FLOR !...

NEOABJECCIONISMO

foto tirada da net

 

«««//»»»

meu voto para ti rosa flor de Maio
neste dia de brilho Primaveril
olho o mar profundo a praia onde me espraio
acaricio tuas pétalas de amor tão subtil

*

de manhã cedo fui a votos rosa flor
a ver se achava a Primavera antes da despedida
um mar de gente te devotava grande amor
apesar de alguns espinhos a sangrar na dor sentida

*

fiquei ali ao sol submerso em ar festivo
os olhos fixos no voto da rosa dos meus amores
inebriante a alegria do sonho expressivo
sentir a rosa flor espalhar no vento seus odores

*

autor:jrg

03
Jun11

ELEIÇÕES de 05 DE JUNHO 2011...EM PORTUGAL!...A FÁBULA!...

NEOABJECCIONISMO

ELEIÇÕES de 05 de JUNHO 2011...EM PORTUGAL!..A FÁBULA!...

A FÁBULA DA VINGANÇA URDIDA...

**
Nesta fábula de contornos mediáticos, o Coelho veste a pele do Lobo e aceita fazer parceria, abrindo as Portas à entrada da Raposa, não sem antes, com a ajuda da Hiena Louca e do Jagudi Marxista (de marchar...)  terem banido do trono, usando a trama do ataque consertado, a golpes de dentuça afiada, o Leão já ferido de morte, por tantas investidas dos carnívoros, sedentos de lhe tirarem o poder, para reinarem sobre os outros animais...
Á volta da arena, clareira profusamente iluminada, por tudo o que eram estrelas cadentes, havia búfalos, esquilos, répteis, besouros, elefantes falhos de memória, zebras, girafas, camaleões, que emitiam sons entre cruzados, confusos, de agravo uns, de desagravo outros..."mata.. ...Fora...morra...as araras tinham tocado a rebate...
_O Leão chegou ao fim...é, foi, incapaz de proteger a vida na floresta...
e chegavam-lhe o dente ao pelo...e berravam desabridos...ninguém sabia o quê..o porquê..apenas que falhara...falhara!...e era preciso bani-lo com a vontade expressa de uma maioria absoluta...
O Leão, ciente que governara com sabedoria, traído pela calamidade Universal que desabara intempestiva na Selva há muito acomodada, traído pela intriga dos grupos que o pressionavam a abdicar, dava voltas sobre si próprio, enfrentando um a um os cabecilhas, urrando com denodo e coragem.
Assediado por todos os lados do habitat, sentindo a dor  no alarido, de uivos , latidos, ferroadas...o ardor do sangue, dentro e fora que o empolgava, o Leão rugia, do alto do seu conhecimento...que só com ele a selva teria paz..harmonia...
As coisas estavam feias para o seu lado, mas sem quebra de ânimo, insistia na defesa dos valores ancestrais...já os outros cantavam vitória, ante os animais da selva amedrontados...a todo o momento saltariam sobre o leão e consumariam o veredicto urdido...
O lobo, de cuja pele esfarrapada sobressaíam as orelhas de Coelho, dá um passo à frente...a Raposa, entre portas entalada, olha, astuta... a Hiena Louca, ri...o Jagudi marxista, ergue a careca desbotada...o Leão está prestes a vender cara a despedida...brame...abana a juba ensanguentada...
Há uma pausa de silêncio...quando o momento decisivo se aproxima...e de entre a expectativa ouve-se um rumor de extrema agressividade...os ramos das árvores abanam numa chiadeira impressionante...o som estridente da macacada ecoa nos ouvidos dos presentes...águias portentosas picam nos farsantes...gorilas, chimpanzés e macacos comuns, há tanto tempo indecisos, tomaram partido pelo Leão injustiçado...exibem ramos e roncos agressivos que põem em debandada o bando de feras arruaceiras... o leão voltou a ocupar o seu lugar de rei dos animais, por vontade dos agora desintoxicados soberanos da floresta...
autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores