Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

24
Jan11

PARABÉNS JOSÉ MANUEL COELHO... Resultado na Madeira é um "basta" ao jardinismo

NEOABJECCIONISMO

Resultado na Madeira é um "basta" ao jardinismo
23 de Janeiro de 2011, 21:33
José Manuel Coelho afirmou hoje que o resultado que obteve nas eleições presidenciais de hoje é “uma vitória do povo madeirense” e constitui um “basta” a Alberto João Jardim.

“Os madeirenses disseram agora basta ao dr. Jardim e aos seus apaniguados porque ele está rodeado daqueles corruptos que têm enriquecido com o dinheiro que a República tem mandado para a Madeira enquanto os madeirenses passam fome”, disse Coelho à agência Lusa.

Segundo o deputado do PND-Madeira, a votação de hoje é uma demonstração de que “o povo já está cansado de 30 anos de ditadura jardinista, já está saturado e isto é um sinal claro que eles dão ao dr. Alberto João Jardim que está na hora de ele ir embora e cuidar dos netos”.

Segundo José Manuel Coelho, “o povo madeirense quer mudar de política, quer uma política moderna, de desenvolvimento, de solidariedade de mais emprego, de mais direitos, de melhores condições de vida e isso passa pelo afastamento do jardinismo desta terra que já deu o que tinha a dar”.

Concluiu que “os madeirenses querem uma sociedade virada para os valores de 25 de Abril”.

José Manuel Coelho foi o segundo candidato mais votados nas eleições presidenciais na Madeira.

@Lusa

 

***

 

José Manuel Coelho
Biografia
Natural de Santa Cruz, José Manuel da Mata Coelho tem 58 anos e é pai de duas meninas. Chegou a frequentar a licenciatura em Fisica, mas acabou por não prosseguir os estudos. Jovem militante do PCP, chegou a fazer uma viagem à União Soviética.Actualmente, é deputado pelo PND Madeira. A sua actuação política tem sido marcada por actos polémicos, como, por exemplo, o dia em que exibiu uma bandeira nazi no Parlamento da Madeira. Esta acção, que pretendia comparar a governação de Alberto João Jardim ao regime nazi alemão, levado a cabo por Adolf Hitler, fez com que fosse impedido de entrar na Assembleia. Hoje candidata-se à Presidência da República com a intenção de, não só chegar às urnas, como disputar uma segunda volta

 

***

O meu comentário:

Os meus calorosos parabéns, José Manuel Coelho...a sua humildade e postura civica venceu o despotismo...pode não ter ganho nada no concerto dos conceitos...mas é, desde já, a personalidade mais ilustre do povo da Madeira, nos últimos 60 anos, que eu saiba...e ficará na memória colectiva de todos os Portugueses...mas não desista...capitalize esse descontentamento crescente e teremos noticias suas brevemente...
um abraço de admiração e de esperança.
joão raimundo

23
Jan11

ESTA NOITE...

NEOABJECCIONISMO

Esta noite

quando todos dormirem

pego no vento e fujo

levo o amor em jeito de saudade

não levo corpos

apenas a alma leve e pura

levos os teus olhos

para romper da densa escuridão

a bruma

levo o som da voz

o aroma odor que me seduz 

levo tudo de ti dentro de mim

que me fizeste teu

e tu que és minha

quando todos dormirem...

esta noite

 

autor:jrg

20
Jan11

GALERIA DE MULHERES COM POEMAS DENTRO...AMOR ABSOLUTO!!!...

NEOABJECCIONISMO



 

 

ela

*

AMOR ABSOLUTO 

 

 

a primeira vez que vi esta mulher

ao tempo então ainda uma menina e eu também

dentro do silêncio apenas senti estranho querer

que era na alma dela supremo bem

 

 olhos tão doces meigos sonhadores

os lábios sedutores ardentes de sensualidade

o rosto esplendoroso iluminado de seus odores

tão linda quanto bela de felicidade

 

perdi-lhe o rasto na adolescência

em que ambos crescemos na alma em dimensão

mas um dia que nos cruzámos por coincidência

senti de novo ardendo o coração

 

timidamente descobrir de tanto amor

o toque leve o abraço o cheiro no primeiro beijo

a intromissão da guerra inquietude intensa dor

até ao dia de sermos um no outro ensejo

 

a voz suave doce quente tão amorosa

o riso que penetrava a mente em êxtase cristalino

a pele acetinada em fogo tremia em mim vaporosa

o corpo todo era na alma tão feminino

 

os passos leves num andar encantador

os seios harmoniosos botões de flores palpitantes

os beijos eram doces frutos mel  de um tal sabor

na alma apaixonada tão de nós amantes

 

o amor era um absoluto de infinitude

impossivel de imaginar que um dia se quebrasse

nos silêncios tormentosos da nossa juventude

vencemos tempestades que bastasse

 

lembro horas exaltadas de loucura

de amor total pleno da nossa fantasia luxuriante

de como me olhavas incandescente mulher pura

de eterna juventude minha amante

 

olhar de novo no teu rosto inocência

a emoção de sentir como eu senti que me sentias

e como o teu sentir de mim era em nós evidência

revejo o mar que somos nas maresias

 

"não há amor como o primeiro ainda que seja o último"

só hoje entendi o pensamento inteiro

dum pensador sublime que muito estimo

não há maior amor como o primeiro

 

autor: jrg

                                

 

 

 

                                 

 

 

 

17
Jan11

DEZ PERGUNTAS COM RESPOSTAS MUITO SUBJECTIVAS...

NEOABJECCIONISMO

10 perguntas com respostas muito subjectivas...

 

 

 1 - P - Uma personalidade que tenha dado notoriedade à Ilha da Madeira nos últimos 50     

    anos?
    R - José Manuel Coelho
 2 - P - Um país que em nome da paz mais tenha contribuido para a guerra?
    R - Estados Unidos da América
 3 - P - Escritor Português que melhor interpretou a alma Lusa?
    R - Eça de Queiroz
 4 - P - Povo mais ingénuo e desenrascado do Continente Europeu?
    R - O povo Português
 5 - P - Qual dos candidatos à presidência da República, melhor representaria o povo?
    R - José Manuel Coelho
 6 - P - Qual é a maior maravilha paisagistica Portuguesa?
    R - A Ilha de São Miguel, nos Açores
 7 - P - Qual é o povo mais internacional do mundo?
    R - O povo Português
 8 - P - Poetisa Portuguesa emblemática na afirmação do ser mulher?
    R - Florbela Espanca
 9 - P - Qual a medida mais picaresca da justiça Portuguesa?
    R - Aplicar a medida de coacção de apresentações periódicas a um criminoso pária, e    

    reincidente
10 - P - Quem deu, efectivamente, origem à Nação Portuguesa?
  - R - Dona Teresa...por ter parido Afonso Henriques

autor:jrg

16
Jan11

OBEDECER...DESOBEDECER!!!...

NEOABJECCIONISMO

Democracia ("demo+kratos") é um regime de governo em que o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos (povo), direta ou indiretamente, por meio de representantes eleitos — forma mais usual. Uma democracia pode existir num sistema presidencialista ou parlamentarista, republicano ou monárquico.

 


 

As Democracias podem ser divididas em diferentes tipos, baseado em um número de distinções. A distinção mais importante acontece entre democracia direta (algumas vezes chamada "democracia pura"), onde o povo expressa a sua vontade por voto direto em cada assunto particular, e a democracia representativa (algumas vezes chamada "democracia indireta"), onde o povo expressa a sua vontade através da eleição de representantes que tomam decisões em nome daqueles que os elegeram. Outros itens importantes na democracia incluem exatamente quem é "o Povo", isto é, quem terá direito ao voto; como proteger os direitos de minorias contra a "tirania da maioria" e qual sistema deve ser usado para a eleição de representantes ou outros executivos.


 

Item retirado da Wikipédia


 

***

 

penso que o problema que se coloca é bem outro...o de saber como proteger os direitos da maioria que nós somos, contra a tirania de uma minoria que eles são...:    na idade média prestavam vassalagem ao papa...hoje prestam vassalagem aos mercados...é tempo de nos prestarem vassalagem a nós...a imensa multidão do reino global da macacada... jrg


 

*

 

“votar branco...” como dizia Saramago?

 

Dedicarmo-nos à horta e à pesca para sobreviver?

 

Caçar com laço e ratoeira artesanal, carago?

 

Alguma coisa vamos ter que fazer

 

**

 

OBEDECER OU DESOBEDECER!!!...


 

**
 

ninguém tem de ter medo ou inveja de mim


 

não sou douto de nada sou aprendiz


 

de tudo o todo que eu faço até que seja fim


 

procuro na alma humana ser feliz


 

*
 

quem é essa gente tida como importante


 

que olha de cima e nos acorrenta


 

a um conceito de povo e de nação possante


 

e nos tira o norte que nos orienta


 

*
 

que faz um poeta dentro dum verso afilado


 

esgrimindo as palavras malditas


 

que edificam o novo conceito livre do estado


 

concebido nas ideias interditas


 

*
 

penso nos efectivamente doutos acomodados


 

nas mordomias do estado e da confraria


 

não dizem nada enchem o papo bicos calados


 

não vá alguém acordar e tirar a alforria


 

*
 

em todos os tempos poetas famosos bramaram


 

contra a tirania dum poder absoluto


 

alguns ostracizados foram condenados a pedintes


 

ante a legião de eruditos que afrontaram


 

perante a arrogância exibiram o caráter resoluto


 

formando mentalidades novas sem requintes


 

*
 

atiro palavras como pedras ao charco lamacento


 

e já não recolho sinais energéticos


 

uma libelinha pousa nos nenúfares sob céu cinzento


 

entre pessoas que me fitam patéticos


 

*
 

olho em volta do mundo gente afim globalizada


 

olho os ditadores de feição democrática


 

submissos uns comem de tudo outros comem de nada


 

todos aplaudem a mando da nova escolástica


 

*
 

Obama Berlusconi Sarcozy Merckle Sócrates zapatero


 

Putin e tantos outros na ribalta do efémero poder


 

os financeiros são entidades abstractas


 

há mentes criminosas atrás do dinheiro


 

inventaram um sistema de teias para nos conter


 

não são máquinas mas gente e servem ideias compactas


 

*
 

eles contam com o medo que nos impõem os arautos


 

mas a mesa farta onde se lambuzam


 

é obra de todos nós distraídos controversos incautos


 

paremos para pensar porque nos abusam


 

*

 

não é suficiente dizermos basta e talvez morrer


 

nem há nada mais para inventar


 

tudo o que há está arquivado na memória de viver


 

mãos à obra humanos vamos ganhar!!!


 


 


 

autor:jrg

07
Jan11

AMAR-TE EM TI DE TI !...

NEOABJECCIONISMO

 

  

  

um rosto teu de mulher
quando te olhas e vês ao espelho
mas não vês o que eu vejo
um movimento dos lábios
uma surpresa nos olhos
um esplendor na comutação da luz
expressa num sorriso
*
quando te olhas te fixas
estás tensa ou noutra dimensão
espalhas cremes cores
esborratas os olhos a face
apagas o belo que eu vi
de dentro de mim
para um momento breve de beleza
**
a ideia de belo de beleza
é um estado interior
obedece a mecanismos estranhos
circuitos metafísicos
toques de nada materialmente visível
como uma flor que nos encanta
ou um abismo entre montanhas
***
és bela porque te sinto bela
a sensualidade dos lábios
quando falam os teus olhos doces
a pureza do riso a sonoridade
só eu posso sentir-te de ti
porque só eu te vejo na realidade
não há sequer uma bitola ou lei
****
um absurdo dizes incrédula
eu digo-te que é um absoluto
e é aqui que nasce o amor
não do perfume adulterado do corpo
não da máscara ensaiada na solidão
não do sorriso forçado
mas deste olhar único patético
*****
quando eu te vejo e to me vês
quando toco a tua pele aveludada
no deleite do sabor da tua boca
no odor que se liberta pelos poros
quando sei da tua infinitude
e respeito os limites de cada descoberta
como almas enxertadas
******
se nos permitirmos a genuinidade
se não nos apagarmos em troca dum aspecto
se nos tornarmos um e outro fascinantes
saberás que tudo é efémero no tempo
mas não vamos querer deixar de amar
neste entendimento que nos descobrimos
estás linda tiraste a máscara...amo-te!...
*******
autor: jrg

tela de Nuti

*

 

{#emotions_dlg.bouquete}

**

 

 

 

  

05
Jan11

SER MACHO...Ou FÊMEA...

NEOABJECCIONISMO

 

tela de Carla Cunha 

 

{#emotions_dlg.blueflower}

sou macho mas não sou machão
lavo a louça os tachos
lavo e passo o pano no chão
sou nódoa dos machos

 

sou macho de pendor latino
não sou dono de mulher
não sou razão no desatino
sou quem  sabe  perder

 

sou macho ouço canção d'amor
entendo assim conviver

entendo não espalhar terror
sou anticonceitual poder

 

sou macho de tendência viril
confronto tolas emoções
confronto raiva a ira subtil
sou união dos corações

 

sou macho e fêmea equilíbrio
submissão e arrogância
submissão para ornar o brio
sou da mulher fragância

 

sou macho tanto ou nada faz
se dou um absurdo grito
se clamo que cesse a guerra
se clamo pela vera paz
se evito e contorno conflito
sou o interior da terra

 

sou macho de amor solitário
amante de amores secretos
amante dum sonho imaginário
sou de amores discretos


autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores