Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

NEOABJECCIONISMO

O abjeccionismo baseia-se na resposta de cada um à pergunta: QUE PODE FAZER UM HOMEM DESESPERADO QUANDO O AR É UM VÓMITO E NÓS SERES ABJECTOS?- Pedro Oom .-As palavras são meras formalidades... O NEOABJECCIONISMO, n

28
Nov09

PAISAGEM DE MULHER

NEOABJECCIONISMO

 

foto tirada da net

*****

 

 

 há uma paisagem de mulher dentro de mim

suspensa e envolvente um mito

dá ânimo à minha vida apagada no jardim

suspira quando a suspiro e fito

 

tem olhos expressivos rutilantes

nos lábios um sorriso permanente

move os pés com a volúpia dos amantes

os seios altivos num apelo urgente

 

no corpo o perfume que na mistura

exalta a nobreza do desejo

na alma o sonho eterno de frescura

que na mulher se torna em doce beijo

 

os cabelos são louros pretos castanhos

que ilustram no rosto o penteado

avivam fogos arrepios quentes estranhos

projectam na alma o corpo desnudado

 

há uma paisagem de mulher dentro e fora

que de forma superior em mim penetra

é uma ternura dúctil que devora

é uma flor do amor que em mim concentra

 

eu vejo na mulher a poesia

que nasce exuberante em cada imagem

de bruços de costas ou de perfil

é ode sublime que expande a alegria

que se alimenta na alma de forma subtil

mulher meu sonho diáfana miragem

 

em cada sete estrofes uma sou eu ao vento

à procura de encontrar na poesia o ser

me perco e acho e volto a perder se tento

entrar na alma enigmática de mulher

 

autor: JRG

21
Nov09

OARISTO!!!...

NEOABJECCIONISMO

 

 

 

 

 

 

tão belos enlevados eram teus seios

que bicho insano corroeu

quando me contaste teus receios

confesso vacilei mas o amor prevaleceu

 

bem sinto a frustração de os não ter

a dor aguda que se instalou sem solução

maior que a sensação de não tirar prazer

é sentir que o corpo se perdeu na ablação

 

não juro nem prometo sinto na alma

ser do teu corpo o mais fiel servidor

como um eunuco que se castra no harém clama

quero ser remédio que cura a tua dor

 

é bonito ouvir de quem se ama tais propósitos

mas sei que a vida que é sendo atraiçoa

uma mulher bonita sedutora atrai casos insólitos

nos desejos íntimos que a libido não perdoa

 

é verdade que o sendo na vida é imutável

mas encaro dentro de mim a revolução

que permita ser um fim a variável

e seja interdito cair em outra sedução

 

o tempo será bom mestre quero acreditar

vamos fazer amor como antigamente

estou curiosa de sentir o que mudou ou vai mudar

em mim em ti em nós na nossa mente

 

beijo-te os pés as pernas o sexo até aos lábios

continuo inebriado dos teus cheiros

não dei por ter saltado o lugar dos frutos sábios

sei que foi um momento absoluto de meus anseios

 

autor: JRG

 

 

 

 

19
Nov09

7 VAGAS E AMANSA O MAR...

NEOABJECCIONISMO

 

foto tirada da net

*****

cinco homens dentro do barco

quatro diabos aos remos

um ao leme é o arrais

o mar encapelado de manso parco

a cada 7 vagas o mar é chão avançaremos

grita o mestre para os demos

 

a Lua num momento sob nuvens oculta

ou a iliteracia de quem o dever erra

por ventura a incerteza do que é dado como certo

uma vaga imensa de súbito se avulta

só o mestre a vê e grita ou berra

rema "caralho" rema tirem-nos deste aperto

 

os homens remam com a força inconsciente

de encontro à poderosa onda tresmalhada

e no embate brutal a proa sobe a pique

há um que arrancado ao banco o remo perde  e sente

o barco rasga a onda que ruge e se desfaz apavorada

e faz-se ao mar que acalma da ânsia a psique

 

autor: JRG

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores