Terça-feira, 18 de Setembro de 2012
EMBOSCADA INVERSA !


foto do blog memória visual

**

EMBOSCADA INVERSA!

***

tinham picado a via

com varas de ferro ou aço que nas mãos tremiam

a cada passo medido em sofrimento

a alma pulsava dentro bem que a sentia

na frente iam milícias que mal se viam

mais longe andava perdido o seu pensamento

quando foi dada por finda a pica do dia

*

o grupo emboscou na floresta

dum lado da via à espreita de alguma ousadia

que o inimigo era tido de ingénua coragem

milhares de mosquitos no pescoço faziam a festa

aves e macacos agitavam folhagem na ramaria

nem brisa só fogo solar na sombra d'aragem

no silêncio mortífero do tempo que ainda resta

*

um ruído de motores assinala

a coluna de víveres que pachorrentamente chega

avançam exaustos por tanto descanso

o sol vai a pino no verde das árvores que o silêncio abala

sobem para as viaturas confiança sôfrega

a guerrilha é uma guerra sem tréguas não penso avanço

os macacos riem ou choram? em traje de gala

*

um estrondo boooommm tão súbito

mesmo na frente da viatura onde eu seguia encolhido

achei-me no chão entre vozes e os outros

a apalpar o meu corpo coração cabeça o fémur o cubito

a ver se por dentro tudo fazia sentido

e disparei para o ar tiros de raiva aos olhos dos monstros

sem entender o motivo porque me agito

*

não deu tempo ao silêncio o grito

dum jovem quase perfeito de joelhos fendidos

quero ver meu filho não me deixem morrer

mas era tarde e ele apenas só um homem aflito

a vida por um fio os socorros pedidos

quero ver o meu filho não me deixem morrer

a ecoar no tempo e no espaço restrito

*

ontem a guerra hoje o grito de revolta

a dois tempos um só povo grita a sua indignação

o comandante não pergunta se alguém morreu

nem os líderes se inquietam do grito de hoje à solta

apenas quantas as medidas que passam de mão

ou quantas munições ou viaturas se perderam no breu

quanto saber de ser ainda nos falta

*

e África ali entre poeiras de pólvora

 com Lisboa dos ditadores ontem hoje desalvorada

puxa culatra preme gatilho safa dos bastões

a mina e a mentira dum lado e doutro da metáfora

 não é a noite que enriquece a madrugada

ontem um grito sobre a morte acordou as emoções

 hoje um grito de esperança:vão embora

 


autor: jrg
sinto-me: revoltado
música: Os Vampiros - Zeca Afonso
publicado por NEOABJECCIONISMO às 13:06
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 1 de Maio de 2012
EPITÁFIO !...

imagem pública tirada da net*EPITÁFIO**até ao último estertora mortequero agonizante poder dizerque entendiviver até ao ...

Ler artigo
sinto-me: livre
música: requiem for dreams
publicado por NEOABJECCIONISMO às 12:22
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 23 de Maio de 2010
TODA A MORTE É UM SEM...

hoje é Domingo e chove no átrio do hospital do lado de fora das urgências a morte por entre gritos inflamados de quem ...

Ler artigo
sinto-me: chocado
música: cânticos Gregorianos
publicado por NEOABJECCIONISMO às 23:22
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. EMBOSCADA INVERSA !

. EPITÁFIO !...

. TODA A MORTE É UM SEM SEN...

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

. CONVITE - LANÇAMENTO DO L...

. A PÁTRIA DO HOMEM É A ALM...

. Rogério Martins Simões - ...

. Um pedido especial

. Ano novo=)

. Início

. Cresci & Renasci

. Marcas de paixão

. História Romanceada...

. Destaque da semana...

.links
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Rimador Luso-Poemas

Palavra Terminação
.Romanesco-Biocrónicas
OFERTAS - NATAL - ANIVERSÁRIO - UMA ORIGINALIDADE - A SUA VIDA NUM ROMANCE
Escrevo histórias de vida de pessoas que se...
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores
fio de Ariadne
blogs SAPO