Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
A APAGAR O FOGO QUE O CRIMINOSO ATEIA

 

fogo posto.jpg

foto pública tirada da net

*

A APAGAR O FOGO
QUE O CRIMINOSO ATEIA
*
Portugal está a arder
mais parece um país de brincar
onde ciosos incendiários
gente que não quer ganhar a perder
lançam achas para o ar
para culpar os dos lados contrários
*
só pode ser um Nero
ou mais a mandado o incendiário
que pôs a arder o país
o fogo lavra solto livre disperso e fero
destrói e mata sem horário
arraza a rica floresta pela raiz
*
o fogo espalha o terror
num país inteiro a arder Portugal
só pode ser terrorismo
mais fácil de culpar que a falta d'amor
se o fogo dá lucro ao capital
criemos por lucro um novo aforismo
*
não há meios suficientes
nem a justiça é justa e célere a punir
quem manda e quem faz o crime
quando se espalha fogo em tantas frentes
só o criminoso tem tempo de fugir
as pessoas exigem o fim do terror que as oprime
+
pobre natureza destruída
o país estava a acordar dum pesadelo
e eis que surge esta tragédia
um criminoso golpe de terror e suicida
ergamos o amor como modelo
antes que voltemos à idade média
*
há pessoas que não gostam de animais
pessoas que não gostam do verde da floresta
há pessoas gananciosas de viver
as cidades nuas tornar-se-ão frias surreais
os campos desertos serão o que resta
num mundo perdido nas trevas do alvorecer
*
lembro o país onde nasci feliz
a mata atlântica que sustinha as dunas
os piqueniques de família
as sombras o aroma dos pinheiros senhoris
lembro o riso cristalino das meninas
e as sombras do medo quando anoitecia
*
honra aos heróicos bombeiros
que enfrentam o fogo que o criminoso ateia
honra aos povos solidários
que ajudaram a apagar fogos rasteiros
honra aos que defendem a ideia
que é preciso julgar os incendiários
jrg

publicado por NEOABJECCIONISMO às 22:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
NÃO OBSTANTE

 

fogo por Hélio Madeiras.jpg

*

fotografia da autoria de Hélio Madeiras

*

NÃO OBSTANTE
*
não obstante todo o desenvolvimento
somos um povo infantil
que precisa de castigo e reprimenda
que cospe no pavimento
atira cigarros acesos ao chão do redil
às vezes por encomenda
*
não obstante parecer ser o que não é
somos um povo de sábios
que não precisa saber para se afirmar
volta e meia leva pontapé
revolta-se range o dente morde lábios
só acrescentando à tempestade a bonança
*
não obstante sermos todos diferentes
podia haver mais humanidade
não essa barbárie da lei do mais forte
antes sermos humanos conscientes
de sermos dignos do valor da dignidade
porque somos apenas vida até à morte
*
não obstante a evolução do pensamento
fomos ensinados a mentir
há quem minta por obsessiva certeza
desde ser povo do descobrimento
de trazer luzes ao mundo mas a fingir
até à escravatura mais acesa
*
não obstante sermos povo com inveja
não descuramos a luxúria
sabemos tudo que outros devem fazer
falta-nos sempre o que a outros sobeja
e na tragédia soltamos a lamúria
que mal fizemos a deus para tanto sofrer
*
é tempo de usarmos a racionalidade
pensar sobre o que aprendemos
ou se a narrativa histórica faz sentido
nem tudo que nos dizem é verdade
há algo na memória do tempo que esquecemos
que faz de nós um povo ressequido
*
ainda a terra fumega das cinzas
a madeira enegrecida espectros no solo árido
gemem de dor os caídos na desgraça
e já os vampiros afiam as garras que parecem pinças
pedem com raiva a cabeça do valido
que ousou ganhar tendo perdido quase de graça
*
só a vida com amor é alegria
só vale a pena existir com a consciência
só o sorriso vale como criança
só acrescentando à prosa pitada de poesia
só entendendo a existência
só acrescentando à tempestade a bonança
jrg

Fotografia de Hélio Madeiras

publicado por NEOABJECCIONISMO às 21:54
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
OS VAMPIROS CONTRA-ATACAM - NÃO OS DEIXEM POUSAR

Vampiros.jpg

 

*

foto pública tirada da net

*

OS VAMPIROS CONTRA-ATACAM
NÃO OS DEIXEM POUSAR
*
é preciso saber se é piromania
ou marginais mercenários
quem incendiou todo o meu país
quem lhes paga a mais valia
atirando culpas aos contrários
sem pudor de morte e de juiz
*
dizem por ai que é terrorismo
eu lembro os quatro anos de terror
dum governo hediondo indignante
que colocou os velhos à beira do abismo
e deixou tudo minado ao pormenor
para que quem viesse falhasse doravante
*
estamos perante a derrocada
do humanismo da ética e da dignidade
a terra ainda fumega o sangue gela
o bando dos abutres agita-se na madrugada
ávidos por sugar à liberdade
o conhecimento a competência a boa estrela
*
exorto-vos a pensar em consciência
neste vale tudo duma pandilha desvairada
apanhados em contra-mão na curvatura
fizeram de tudo para que falhasse esta valência
como se não tivessem provocado a derrocada
ou não fossem eles os cultores do fogo e da tortura
*
alerta que querem parar a Geringonça
sedentos de ódio e ávidos de poder
é preciso regurgitar da memória a indignação
se não queremos ser os mártires da vingança
precisamos descobrir quem pôs o país a arder
e seguir em frente com MÁTRIA no coração
*
os vampiros contra-atacam
sedentos de saque de sangue e de vingança
pilharam o país confiscaram pensões
nem os jovens condenados à emigração se salvam
cortaram salários desterraram a esperança
agora cantam vitória sobre os destroços das emoções

jrg

publicado por NEOABJECCIONISMO às 21:45
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. A APAGAR O FOGO QUE O CRI...

. NÃO OBSTANTE

. OS VAMPIROS CONTRA-ATACAM...

. A ABOLIÇÃO DA GUERRA!...

. A HUMANIDADE DÁ-LHES UM T...

.arquivos

. Outubro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

. CONVITE - LANÇAMENTO DO L...

. A PÁTRIA DO HOMEM É A ALM...

. Rogério Martins Simões - ...

. Um pedido especial

. Ano novo=)

. Início

. Cresci & Renasci

. Marcas de paixão

. História Romanceada...

. Destaque da semana...

.links
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Rimador Luso-Poemas

Palavra Terminação
.Romanesco-Biocrónicas
OFERTAS - NATAL - ANIVERSÁRIO - UMA ORIGINALIDADE - A SUA VIDA NUM ROMANCE
Escrevo histórias de vida de pessoas que se...
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores
fio de Ariadne
blogs SAPO