Sábado, 25 de Outubro de 2008
A POESIA DE MARIA TERESA II

 

                                                              OS FILHOS 

                                                                                                               

 

                                             Os filhos são  fruto do amor

 

                                             Mistério de vida duma mútua doação

 

                                             Fontes de ternura, alegria e dor

 

                                              bate com eles o nosso coração

 

                                              corta-se-lhes ao nascer

 

                                              O cordão umbilical

 

                                               Isso não impede que'até morrer

 

                                              Exista sempre o Amor Maternal

 

   poesia de maria teresa 

.

   

sinto-me: partitativo
música: Danúbio Azul
publicado por NEOABJECCIONISMO às 17:17
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
13 comentários:
De Maria Teresa a 25 de Outubro de 2008 às 17:38
Neo...
Obrigada.
Mas na primeira estrofe nao tem aquele "o "

OS FILHOS SÂO FRUTO DO AMOR "

Apenas...
Assim é o real. E dá outro enfase.
Porque os frutos do amor podem ser tantos!!!
Aqueles sao especiais!
na minha optica , claro.
Mas muito grata pela sua mostra de amor diferente.
Editar tbm é uma certa forma de amar.
Beijinhos
Maria Teresa
De NEOABJECCIONISMO a 26 de Outubro de 2008 às 12:02
Maria Teresa.
Editá-la é uma forma de amor. Palavra essa grande e bela que se subdivide em tantos sentimentos que fazem de nós seres diferentes mas absolutos de humanidade.
Obrigado pelas suas palavras e queria dizer que admiro a sua forma de expressão poética. E o amor profundo com que exalta e canta, o sublime de ser a mãe de frutos tão merecedores de continuarem a ser amores.
Beijinhos
neo
De maria de fátima a 26 de Outubro de 2008 às 13:05
Olá João e Maria Teresa como estão?Mais uma vez eu gostei de ler este poema.É simples mas carregado de significado.Para mim tudo o que é simples é o mais bonito e é o melhor.Beijinhos e bom domingo para vocês.
De NEOABJECCIONISMO a 28 de Outubro de 2008 às 09:05
Bom dia Maria de Fátima.
As tuas palavra simples, também trazem alegria. E é dessa alegria que bebem as almas dos poetas.
Uma boa semana para ti.
Beijinhos de amigo
De Lila Rossi a 26 de Outubro de 2008 às 21:53
Olá!
Linda poesia! Ah! os Filhos!!... apesar das preocupações... são realmente eternos amores, amores incondicionais.
Muito obrigada pela visita e pelo comentário carinhoso.
Apareça sempre ok?! Tb estarei sempre por aqui.
Bjs,
Lila
De NEOABJECCIONISMO a 28 de Outubro de 2008 às 09:11
Olá Lila Rossi..
Foi uma alegria receber a sua visita e sentir que admirou a Poesia de Maria Teresa, uma amiga a quem prestei este singelo tributo, para que se atreva a criar o seu próprio espaço de divulgação.
O Blog da Lila Rossi é um mimo de beleza que não deixarei de apreciar.
Beijinhos
neo
De M.Luísa Adães a 27 de Outubro de 2008 às 12:30
neo

Magnifica a lembrança de escrever ,sobre o terrível flagelo.
Obrigada pela tua posição, no teu blogs ,a favor do tema.
Quem não conhece o problema? Todos trememos de angústia. Estou com todos quantos se preocupam na divulgação e ajuda.

Não sei como te contactar! Esqueceste esta tua amiga? Não tens aparecido no blogs e maria luísa
espera por ti com o seu"Visionar".

Beijos,

Maria Luísa
De NEOABJECCIONISMO a 28 de Outubro de 2008 às 09:18
Maria Luísa
Olá poeta da alma, das almas inquietas que se ajuntam para saudar a tua poesia. E beberem das tuas palavras que as aquietam e ajustam, no lugar que lhes compete nas orgias da vida.
Chegarei lá, ao teu visionar, porque o teu espaço é o meu espaço, e caminharemos os dois por entre a tempestade das palavras. Porque não queremos descanso neste dealbar de momentos novos que nos animam.
Beijinhos na tua alma de poeta
neo
De M.Luísa Adães a 28 de Outubro de 2008 às 09:40
Neo,

Obrigada pelas tuas lindas palavras e por responderes; aguardo as tuas possibilidades!

Com carinho,

Maria luísa
De pequenarebelde a 28 de Outubro de 2008 às 15:18
Olá Neo , Amigo do meu coração,
Olá D. Maria Teresa,

Um poema pequeno mas tão grandioso e sábio! É um amor grandioso, uma ligação ainda maior!

Passo rebelde e fico encantada nas palavras lidas, apanhando ao vento a certeza que a vida um dia me há-de dar a oportunidade de transmitir a minha rebeldia ao meu rebento


beijinhos enormes e rebeldes
De NEOABJECCIONISMO a 28 de Outubro de 2008 às 15:28
Olá rebeldinha.
Queres esgotar-me as lágrimas, mulher?!...
É evidente que passarás a tua rebeldia ao teu fruto de amor. Bem vinda à poesia de Maria Teresa, bem vinda a este espaço onde nos deixámos encantar agora é viver e vencer, na crista da onda, imponente a tua imagem e rebelde.
Beijinhos de amigo
De pequenarebelde a 30 de Outubro de 2008 às 15:00
Querido Neo,

Nah agora é hora de sorrir e peço que esboces um sorriso porque é assim que me verás ao ecrãn...
faço questão de passar sempre (nem que seja de fugida ehehe)

Beijinhos,

rebeldinha!!! Gostei
De NEOABJECCIONISMO a 1 de Novembro de 2008 às 22:27
pequena rebelde
Amiga.
O meu sorriso, o teu sorriso, a imagem pura da amizade entre tão distintas personagens que se acharam num remoinho da vida. Belo, dava um filme, uma novela profunda, um conto de encantar.
Sempre que passas é um momento de felicidade deste teu amigo, mas não te obrigues, tens de tanta rebeldia para cuidar!...
Beijinhos rebeldes

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. FELIZ ANO 2018 - QUE SEJA...

. SAÚDO O NATAL DE TODA GEN...

. A APAGAR O FOGO QUE O CRI...

. NÃO OBSTANTE

. OS VAMPIROS CONTRA-ATACAM...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

. CONVITE - LANÇAMENTO DO L...

. A PÁTRIA DO HOMEM É A ALM...

. Rogério Martins Simões - ...

. Um pedido especial

. Ano novo=)

. Início

. Cresci & Renasci

. Marcas de paixão

. História Romanceada...

. Destaque da semana...

.links
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Rimador Luso-Poemas

Palavra Terminação
.Romanesco-Biocrónicas
OFERTAS - NATAL - ANIVERSÁRIO - UMA ORIGINALIDADE - A SUA VIDA NUM ROMANCE
Escrevo histórias de vida de pessoas que se...
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores
fio de Ariadne
blogs SAPO